quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

Grupo de capoeira de Bom Conselho Realiza Encontro de Capoeira Na Própria Capoeira


 

PROJETO CAPOEIRA NA CAPOEIRA

1º. INTRODUÇÃO

A Capoeira é uma luta genuinamente brasileira originada entre os negros de Salvador (Bahia), que criaram essa arte marcial para se defender dos maus tratos que sofriam de seus patrões. Assim, para fugir da perseguição dos opressores que não concordavam com a prática dessa luta, a Capoeira foi transformada em dança para disfarçar seu lado marcial.

Os praticantes da Capoeira conhecida como capoeiristas, utilizam diversos movimentos de cabeça, braços, cotovelos, mãos, pernas, joelhos, pés, em sincronia com uma ginga de corpo, ao som de instrumentos musicais e cantigas típicas. Existem 03 (três) estilos bem característicos da Capoeira, que são: Capoeira de Angola, Capoeira Regional e Capoeira Contemporânea.

Nas últimas décadas, a Capoeira tem sido reconhecida por se tratar de uma manifestação popular e bastante usada e difundida em nossa sociedade, o que tem favorecido sua valorização como forma desportiva, cultural e educativa. Tamanho tem sido esse reconhecimento que, em julho de 2008, o Instituto Brasileiro do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) registrou a Capoeira como Patrimônio Nacional.

Atualmente, a Capoeira tem sido trabalhada em diversos Projetos Sociais e Educativos por todo país, enfocando seus mais variados aspectos: dança, identidade racial, arte, luta defesa pessoal, desporto, lazer, educação, folclore, preparação física e filosofia de vida. Por meio desses Projetos, a Capoeira tem sido praticada sem contra indicação por crianças, jovens, adolescente, adultos, pessoas da terceira idade e pessoas portadoras de necessidades especiais, nos mais variados lugares, tais como: academias, clubes, associações, quartéis, escolas e até em Universidades, tanto no Brasil como no exterior.

Sabendo disso, propomos que a Prefeitura Municipal, por intermédio da Secretaria Municipal de Cultura, nos ajude financeiramente para que possamos realizar o 1º encontro capoeira na capoeira. Como uma forma de valorizarmos essa prática cultural tão marcante em nossa cidade.

Destacamos que essa proposta se espelha em inúmeros trabalhos de destaque realizados por instituições públicas e privadas e por Organizações Não Governamentais (ONG) de todo estados, especialmente da Prefeitura Municipal de Bom Conselho (PE).

 2º. INTRODUÇÃO APRESENTAÇÃO

A associação de Estudo e Desenvolvimento cultural (QUILOM BRASIL)
Realizará seu 1º Encontro, troca de corda e Batizado de capoeira.
O evento acontecerá nos dias 8,9 e 10 de março de 2013.
Como de costume dos capoeiristas, anualmente, deveremos reverenciar as tradições dos nossos ancestrais, colocando em pratica as festividades tradicionais, os (Batizados).
O evento acontecerá em três dias, sendo o primeiro, (Sexta Feira) com acolhimento aos capoeiristas de Cidades e Estados Vizinhos, em seguida, uma grandiosa roda de capoeira. Segundo dia, (Sábado) nós capoeiristas nos encontraremos na Praça Dom Pedro II, para demonstrarmos nossas habilidades para a população bom-conselhense que transitarem na aquela localidade no horário da feira livre. Logo mais a tarde iremos para uma fazenda, onde lá, nas décadas passadas aconteciam trabalhos escravo. Ao chagar da noite, iremos para dentro dos matos reverenciarmos a capoeira de antigamente! Jogar capoeira na própria capoeira a luz de candeeiro.
Terceiro dia, (Domingo) logo mais a tarde sairemos pelas ruas da cidade em uma grandiosa caminhada, ate o local aonde acontecera o (Batizado).



2. OBJETIVOS

2.1 OBJETIVO GERAL

- Promover o “Encontro capoeira na capoeira” como um evento democrático de ampla participação popular que incentive a prática da Capoeira como expressão artística e contribuindo para a difusão cultural e desenvolvimento regional.

2.2 OBJETIVOS ESPECÍFICOS

Os objetivos específicos desse “capoeira na capoeira” se baseiam nos tempos passados onde que o negro era proibido de exibir a capoeira em praça publica:

- Mostrar a capoeira nos seus mais variados aspectos: dança e arte, defesa pessoal, desporto, lazer, folclore, luta educação e filosofia de vida.

- Possibilitar a apresentação dos grupos de capoeiristas existentes no município e região, fomentando o surgimento de novos talentos.

- Promover o intercâmbio entre os grupos de capoeiristas e a renovação dos movimentos culturais de nosso município.

- Resgatar, através da Capoeira, os talentos e o bom gosto pelos eventos que venham enriquecer a cultura local.

- Proporcionar aos estudantes capoeiristas a oportunidade de serem vistos e reconhecidos por seus talentos.

- Tornar tradicional a execução deste “Festival Capoeira” na ocasião do aniversário da cidade.


3. JUSTIFICATIVA

Acreditamos que a realização de um “Evento” servirá como um momento de entretenimento familiar e de promoção cultural, no qual as famílias de nossa cidade poderão estar presentes para se divertirem de forma saudável.

Além disso, a participação de crianças e adolescentes em um evento artístico pode servir como meio de aprendizagem prazerosa, para o desenvolvimento da consciência cidadã e para a promoção da arte popular.

É sabido que a prática de esportes e das artes é relevante para o desenvolvimento da criança, pois por meio deles se estabelecem limites sociais e há a transferência de saberes. Isso viabiliza a possibilidade de estruturação da personalidade e da socialização, por que permite que o indivíduo se conheça melhor e aceite mais facilmente seu semelhante.

A Capoeira é uma manifestação popular genuinamente brasileira, extremamente rica em movimentos corporais, o que favorece o desenvolvimento do físico, além de servir como um instrumento cultural. Diversos trabalhos têm demonstrado que a Capoeira é uma atividade muito importante para as crianças e adolescentes, principalmente na sua formação global, pois, através dos movimentos, pode-se desenvolver a criatividade, o interesse pelas artes e pela cultura, proporcionando uma mudança de comportamento pelas múltiplas experiências vivenciadas.

Sabemos que a Capoeira serve como um relevante estímulo à criatividade, além de servir para despertar na criança e adolescente a valorização e respeito às diferenças individuais, construindo, com isso, a harmonia, a disciplina e a concentração em âmbito da Escola, da família e da comunidade em geral.

Além disso, acreditamos que um “Evento de capoeira”, ao entrar no calendário cultural local, poderá promover o desenvolvimento regional, principalmente pela atração de participantes e turistas. A chegada de pessoas para participarem desse evento movimentará a rede hoteleira da cidade e o setor de serviços e vendas, conforme mostram algumas experiências bem sucedidas em outras localidades de nosso país.


4. PARCEIROS

O “Capoeira na capoeira” será executado pela a associação de Estudo e Desenvolvimento Cultural (QUILOM BRASIL) e contará com a parceria de diversas instituições.

Relembramos que a promoção de mudanças em nossa sociedade não pode ser vista como uma obrigação única do poder público, o que nos faz acreditar na importância do envolvimento de todos os seguimentos de nossa comunidade
No decorrer da apresentação das ações e trabalhos propostos pelo presente Projeto serão apresentados com maiores detalhes quando e onde cada um dos parceiros estará atuando e colaborando.


5. METODOLOGIA

Nesse tópico apresentamos em duas partes a estruturação metodológica do “Projeto Capoeira na capoeira” que envolverá o evento de apresentação de diversos grupos de Capoeira do município e região, além de uma “Oficina de Produção de Instrumentos de Capoeira”.

O “Encontro” será um espaço democrático e motivador da cultura e cidadania, onde Associações, instituições públicas, empresas e grupos independentes de nossa cidade e região possam mostrar seus trabalhos a comunidade e familiares.

Destaca-se que paralelamente ao evento de apresentação dos grupos de capoeiristas, haverá uma “Oficina de Literatura de Cordel”, conforme apresentação a seguir.

5.1 OFICINA DE LITERATURA DE CORDEL

O evento terá duração de três dias, de sexta-feira a domingo, e nesse período a equipe responsável organizará paralelamente ao evento “Oficinas de Literatura de cordel” para crianças, adolescentes e comunidade em geral.

Essas “Oficinas de Produção de Literatura de Cordel” ocorrerão no sábado, parte da tarde e apresentada no Domingo as 15 horas antes do (Batizado de Capoeira), e serão de participação livre, sem cobrança de taxa de inscrição.

As “Oficinas de Literatura de cordel” serão realizadas no Espaço de uma Fazenda cujo nome (sabia, sob supervisão de profissionais da de nossa região e cidades vizinhas.



5.2 PROJETO CAPOEIRA NA CAPOEIRA

Os interessados que não for capoeirista e quiser participar do evento, deverá procurar a coordenação uma semana de antecipada  
Cada participante poderá se inscrever representando seu bairro ou Escola. Não haverá limites de inscrições, pois a intenção desse Festival é possibilitar o maior número de participantes, quer sejam adultos de bairros ou estudantes das Escolas, ou pessoas de outras localidades.



PRGRAMAÇÃO

Sexta feira

Acolhida aos capoeiristas em seguida, roda de capoeira
Horário 19h30min
Local: Colégio nossa senhora do Bom Conselho.

Sábado

Roda de capoeira
Horário 08h00min
Local: Praça Dom Pedro II

Almoço
Horário 13h00min
Local: Fazenda sabía


Dinâmica com todos os capoeiristas e convidados
Horário 15h00min
Local: Fazenda sabía
Oficinas de Literatura de cordel para os convidados
Horário 15:30
Local: fazenda sabía
Praticando capoeira dentro da capoeira
Horário 19h30min
Local: Fazenda sabía

Domingo
Almoço
Horário 11h30min
Local: Fazenda sabía

Passeata pelas ruas da cidade
Horário 13h30min 
Local de chegada: Escola coronel Jose Abílio

Apresentação cultural dos artistas da terra e região
Horário 14h30min
 Local: Escola Coronel José Abílio

Batizado, troca de corda e formatura
Horário 15h30min
Local: Escola Coronel Jose Abílio





ORÇAMENTO


Despesas
Quantidade
Valor

1-      Bandeira do Grupo

Uma
80.00R$
2-      Alimentação para os capoeiristas

Cento e cinqüenta capoeiristas
400.00R$
3-      Cordas de capoeira

Cento e cinqüenta metros
300.00R$
4-      Faixas para divulgação

Três
90.00R$
5-      Certificados

Cento e cinqüenta
225.00R$
6-      Som para o evento

Um
200.00R$
7-      Divulgação em carro de som

Dez horas
250.00R$
8-      Cartazes

Cinqüenta
100.00R$
9-      Transporte para fazenda

Um
200.00R$
10-   Hospedagem para os capoeiristas

Dez capoeiristas, por dois dias
400.00
11-   Camisetas 

Cento e cinqüenta
2.250.00R$
12-   Tubos de tinta para pintar as cordas de capoeira

Vinte
40.00R$
13-   Passagem para dois mestres que vem de outros estados

Duas
500.00R$
14-   Carro de som para o dia do evento

Um
50.00R$
15-   Divulgação em radio

Uma semana
80.00R$
                                                                                                                                                                                                                                                                                                           TOTAL 5.445 R$




                                                   7. RESUTADO ESPERADO

Espera-se que o “projeto capoeira na capoeira" seja um evento que terá o envolvimento de os seguimentos da comunidade local, com a participação de estudantes e moradores de todos os bairros da cidade, sem distinção de idade, gênero, credo, raça e nível econômico.

Esperamos ainda que esse evento se torne uma atração turística, como é realidade com outros encontros e Exposições na nossa região, atraindo muitas pessoas e proporcionando a promoção do desenvolvimento econômico por meio do crescimento cultural.


8. AVALIAÇÃO

A avaliação do “Projeto capoeira na capoeira” ocorrerá em todas as suas fases, desde seu início com os contatos e sensibilização dos parceiros, até a execução propriamente dita.

Na fase de implantação será verificada a aceitação do Projeto pelo público-alvo, gestores públicos, estudantes, professores de educação física etc. Quanto às demais metas, serão observadas de forma contínua e após a execução, verificando-se assim o cumprimento dos objetivos propostos.


Esse trabalho de avaliação será importante para se ter uma opinião clara e tecnicamente embasada dos resultados obtidos durante o evento, o que certamente possibilitará um melhor desempenho na realização de outros trabalhos e eventos posteriormente.


9. ANEXO

Modelo de Camisa do “Projeto capoeira na capoeira”, que será usada pela equipe de organizadores e colaboradores e, também, pelos capoeiristas participantes.



OBS. A coordenação do evento anunciará umas regras básicas para os participantes, no decorrer do evento. Caso, alguém venha desobedecer, será convidado pela coordenação para se retirar do evento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário